O café de Joyce em Triestre – Itália

Após um período de bebedeiras em Dublin e depois de se envolver em uma briga em um bordel, o escritor James Joyce partiu para um auto-exílio, primeiro, em Pula (hoje Croácia) e depois em Triestre, na Itália, onde foi ensinar inglês na escola Berlitz. Levou junto Nora Barnacle, uma jovem com quem vinha se relacionando e que foi sua companheira por toda a vida.

Viveram na Itália por décadas, ali nasceram seus filhos e foi lá também que nasceu sua obra Música de Câmara (batizada, segundo ele, a partir do som de urina num penico, chamber pot).

Apenas por curiosidade, postamos aqui algumas fotos de um dos seus points preferidos em Triestre: um café, localizado na Via Roma, 14. O ponto foi rebatizado em sua homenagem e hoje é o charmoso James Joyce Cafe.

783

2013-10-21 07.08.15782

 

Compartilhe!

Tweet this! Reddit Digg This! Bookmark on Delicious Pin it Share on Facebook

Deixe uma resposta

*

O seu email não será publicado.Preenchimento obrigatório*

*